Sem suporte ao JavaScript Associe-se!
Artigos 19/01/2022

Descubra o que é estratégia competitiva e conheça técnicas para análise da indústria e da concorrência

Potencialize as forças e neutralize as fraquezas da sua empresa com a ajuda do SIMECS

Saiba como adotar um comportamento competitivo na sua empresa e entenda os seus benefícios para um caminho de sucesso nos negócios.

De acordo com o IBGE, a maioria das empresas no Brasil não dura 10 anos, e uma em cada cinco fecha após um ano de início das operações. Um dado desanimador, não é?

A longevidade de uma empresa, independentemente do porte, está ligada à sua capacidade de ser competitiva no mercado. Não basta pensar apenas em si mas, também, adotar uma cultura de observar as tendências, movimentações do mercado em que atuaatual e encontrar maneiras de superá-los e neutralizá-los de formamaneira saudável e estratégica.

A todo o momento, as empresas precisam adotar diferenciais que possam favorecer o negócio diante dos mais diferentes cenários. Para isso, as organizações costumam incorporar uma estratégia competitiva, que é um instrumento obrigatório para quem quer alcançar o sucesso dentro do segmento.

Aliás, é importante saber que, se a empresa não está aberta à inovação, é mais fácil que acabe ficando para trás. Ou seja, sendo superado por seus concorrentes (não somente os da região, mas de todo o planeta) e perderá espaço no mercado.

Para você saber mais, o SIMECS preparou este artigo para ampliar o conhecimento sobre estratégia competitiva e mostrar qual é o perfil que a sua indústria se encaixa.

Boa leitura!

 

O que é estratégia competitiva?

Uma estratégia competitiva é a maneira como uma empresa está organizada para concorrer com players semelhantes no mercado. Esse conceito inclui também como a empresa se comporta em relação aos concorrentes e qual o seu tipo de vantagem sobre eles.

Dessa forma, a estratégia competitiva é uma posição estratégica de competição nos mais diferentes segmentos, considerando uma visão de futuro.

Assim, quando adotada de maneira correta, pode levar a indústria ao patamar que ela planeja ocupar, podendo trabalhar diferentes ações que a ajudem a atingir o objetivo.

Essa estratégia pode ser construída “de fora para dentro” ou “de dentro para fora”, como vamos explicar mais abaixo neste artigo.

 

Saiba quais são as técnicas para análise da indústria e da concorrência

Entre outras vantagens, adotar uma estratégia competitiva ajuda o gestor a entender o cenário em que a sua empresa está atuando, quais profissionais estão envolvidos e como eles podem influenciar no sucesso da organização.

Na prática, existe um modelo de análise que ajuda a compreender quais são as forças competitivas que existem: é a chamada 5 Forças de Porter.

Estamos falando de um conceito criado por Michael Porter que, mesmo criado em 1979, ainda é estudado nas aulas de administração e marketing e utilizado como referência pelas empresas no planejamento de estratégias.

Esse modelo permite fazer uma análise setorial dos principais concorrentes, atores e forças que se relacionam dentro de um mercado.

De acordo com Porter, as cinco forças deixam claro como cada um dos envolvidos influencia de forma positiva ou negativa o seu negócio.

São elas:

 

●       Rivalidade entre concorrentes internos atuais;

Pode ser considerada a mais significativa dentre as cinco, pela importância de conhecer quais são os pontos fortes das empresas que vendem um produto ou serviço similar ou que sejam do mesmo segmento.

Essa força inicia fazendo uma análise externa e, com isso, a rivalidade entre os concorrentes costuma ser a primeira força identificada. Por terem capacidade de atrair novos clientes, os concorrentes precisam estar na mira das empresas e precisam ser estudados.

Por isso, é importante saber o diferencial do seu concorrente: é o preço mais atrativo? Ou benefícios oferecidos? Normalmente, esses são os principais fatores que tendem o consumidor[1]  escolher uma empresa em detrimento da outra.

 

●       Ameaça da entrada de novos concorrentes

Pode ser uma empresa com várias décadas de atuação, mas, a chegada de um novo concorrente, certamente impactará nos negócios. Isso porque eles chegam com força, querendo impactar o cliente e acabam fazendo propostas que podem representar perda de espaço para a sua empresa.

Segundo Porter, essa ameaça precisa de uma reação dos concorrentes atuais, que representam barreiras de entrada. Dessa forma, organizadas, a empresas existentes podem puxar o preço para baixo, impactando os ânimos de quem está entrando. É uma união contra um concorrente que avança em um território novo.

 

●       Poder de barganha dos clientes

Está relacionado diretamente ao preço e à qualidade do produto que você oferece para o mercado. Muitos chamam de poder de negociação dos clientes, ou seja, a capacidade de barganha do consumidor em relação às empresas.  Além disso, quem define o valor dque o seu produto ou serviço são também seus consumidores.

Esse comportamento ganha mais relevância na atualidade com o novo posicionamento dos consumidores, que exigem produtos e serviços de qualidade e uma boa reputação das empresas.

No mundo digital, o cliente está mais bem informado e pode ter acesso a diversos produtos e serviços em diferentes locais. Desse modo, é preciso pensar em estratégias que valorizem o relacionamento com o cliente, colocando-o no centro das decisões.

 

●       Poder de barganha dos fornecedores

É hora de pensar internamente e refletir: até que ponto a sua empresa é dependente dos fornecedores? Se eles paralisarem as entregas, você também vai precisar interromper a produção? Por isso, é recomendável ter uma variedade de fornecedores e parceiros comerciais que reduzam sua dependência ao máximo. Éé sobre isso que essa força de Porter prevê.

Porém, trata-se de uma característica que merece atenção, pois envolve a negociação com fornecedores, a fim de conseguir insumos de boa qualidade, mas com um bom preço e prazo adequado.

 

●       Ameaça de produtos ou serviços substitutos

Produtos e serviços que não sejam similares aos que a sua empresa[2]  pode também representar uma ameaça e tirar uma fatia do seu mercado.

Uma vez que um produto substituto é inserido e ganha força, as empresas que comercializam o antigo tendem a perder uma fatia de mercado considerável.

Por isso, é fundamental para o gestor da empresa listar todos aqueles possíveis produtos ou serviços que podem substituir o vendido por aquele estabelecimento, a fim de traçar estratégias para minimizar esse impacto.

 

Vamos aplicar juntos?

Percebeu como esse método propõe soluções para o dia a dia de uma empresa? Por isso, é um instrumento utilizado há muitas décadas por representar uma verdadeira bússola para quem deseja encontrar um caminho onde a competitividade seja um diferencial para se destacar em meio a uma concorrência que cresce diariamente.

Para colocar em prática, o SIMECSSimecs pode ser um parceiro para o seu negócio. Nosso time de especialistas pode colocar os associados em outro patamar de competitividade. Isso porque o SIMECS desenvolve projetos com o objetivo de promover mudanças tecnológicas e proporcionar o desenvolvimento da indústria. Parcerias estratégicas também são firmadas visando ampliar o impacto de nossas ações, auxiliando nossos associados em diversas áreas, como a financeira, de capacitação e tecnológica.

Tudo com o objetivo principal de fortalecer a competitividade e a sustentabilidade da indústria.

Com o SIMECSSimecs, você pode  participar de um programa  que busca auxiliar os associados por meio da representação em discussões estratégicas à nível municipal, estadual e nacional que envolvam a competitividade das indústrias, articulando politicamente sempre em prol dos interesses comuns do setor.

Ou também de uma iniciativa que possibilita aos seus associados o desenvolvimento de suas indústrias através do aprimoramento nas áreas de gestão, finanças, marketing, vendas e processos.

Conte com a gente!

Separamos outros materiais exclusivos que vão ajudar a sua empresa a ter mais competitividade.

Conheça cinco maneiras de impulsionar a competitividade das empresas no mercado atual. Entenda como é possível se destacar em meio aos concorrentes e porque a indústria, seja ela de pequeno, médio ou grande porte, precisa adotar novos processos para obter mais sucesso.

Além disso, saiba em um infográfico especial do SIMECS os cinco passos para desenvolver estratégias competitivas na sua empresa. Até porque, em um ambiente cada vez mais concorrido, é fundamental entender quais são as melhores estratégias para alcançar as metas.

Também convidamos você a baixar o e-book “Como o SIMECS auxilia empresas no crescimento industrial e com vantagem competitiva” e descubra como adotar processos competitivos e que geram valor para a indústria. Clique aqui para baixar o e-book.

Que tal falar conosco? Clique aqui e receba um diagnóstico gratuito do SIMECS e descubra como ser competitivo no seu segmento.

 

SUBIR